Conheça os segmentos que estão em expansão durante a crise

Conheça os segmentos que estão em expansão durante a crise

Desde o surgimento da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, também conhecido como Covid-19, muitos segmentos foram impactados de maneira negativa.

Com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), juntamente ao Ministério da Saúde, inúmeras empresas tiveram que se adaptar à nova realidade para combater a doença e reduzir a sua disseminação.

E uma das formas de evitar aglomerações nos ambientes corporativos foi a adoção pelo home office.

Já empresas que necessitam de mão-de-obra, como indústrias de seringa de insulina, ou negócios do ramo de construção civil, as alternativas disponíveis foram reduzir sua carga horária, revezar colaboradores ou até mesmo suspender suas atividades de forma temporária.

Resumindo, o cenário não é dos melhores. Porém, em meio à crise, alguns setores estão nitidamente crescendo mais rápido do que o normal e se consolidando!

Pensando nisso, neste post nós reunimos quais são esses segmentos em expansão durante a crise e porque eles se destacam em meio a pandemia. Continue nos acompanhando para saber mais!

E-Commerce e Delivery

O setor de e-commerce, assim como o de delivery tiveram crescimentos espontâneos desde o surgimento da crise.

Para você ter uma ideia, o aplicativo de serviços de entregas Rappi já obteve um crescimento de 30% nos números de pedidos de comidas.

Já a Amazon conseguiu atingir o valor de mercado recorde em abril deste ano: US$ 1,2 trilhão, uma valorização de 28,6%.

Isso se dá, visto que, durante o isolamento social, as pessoas precisam fazer suas compras sem precisar sair de casa.

 

Indústrias de álcool em gel

Como mencionamos no início do post, o ramo industrial está em queda. Indústrias que fabricam chapa de acrílico, produtos de decoração, entre outros, tiveram que se adaptar diante da pandemia e da baixa demanda.

No entanto, na contramão da crise, a indústria de álcool em gel cresceu fortemente, resultando em um colapso na oferta atual do produto.

 

Setor de videoconferência

Outro setor em expansão são as empresas especializadas na criação de ferramentas de videoconferência.

A Zoom Vídeo, fornecedora de serviço de conferência remota, conseguiu um aumento de 40% em fevereiro deste ano.

Esse avanço repentino foi dado pelo aumento de utilização de ferramentas de transmissão online durante reuniões de home office.

Se os sócios de uma empresa de conexões pneumáticas precisarem fazer uma reunião, pela ferramenta de videoconferência, é possível ter uma comunicação nítida, instantânea e, ao mesmo tempo, evitar aglomerações.

Serviços de transmissão de vídeo

E não podemos deixar de falar em nos serviços que disponibilizam filmes, séries e todo tipo de entretenimento, não é mesmo?

Empresas como Netflix, Amazon Prime, dentre outras empresas que possibilitam a transmissão de vídeos crescem fortemente durante a crise. Apenas as ações da Netflix já cresceram em 15% neste ano.

Agora que você já sabe quais os setores que estão em expansão durante a crise da pandemia gerada pelo coronavírus, o que acha de utilizar essas oportunidades para se destacar? Gostou do nosso conteúdo? Conta pra gente!

5/5 (1 Review)

Fique por dentro!