O ano de 2021 não é e nem será um momento fácil para a humanidade. Ainda vivemos a pandemia do novo coronavírus, que segue se acirrando pelo Brasil e vitimando mais pessoas. Além do dano humanitário e sanitário, a pandemia também causa dano econômico. São muitas as empresas com dificuldade para conseguir se posicionar no mercado nesse contexto. Por isso, é importante entender como fazer Marketing Automotivo em 2021.

Nesse momento, já foram mais de 700 mil empresas que fecharam as portas por causa da pandemia do novo coronavírus, muitas delas no setor automotivo. Ainda que as pessoas precisem de automóveis para se locomover com mais segurança nessa pandemia, o setor não vem prosperando nessa situação (só em 2020, a queda no número de carros vendidos foi de 26%).

Portanto, é essencial entender como fazer Marketing Automotivo em 2021 para poder alcançar os melhores resultados. Siga a leitura abaixo para saber mais!

5 dicas de Marketing automotivo em 2021

1. Transfira a presença física para a virtual

O mundo do marketing se tornou diferente com a chegada da pandemia, e acentuou mais ainda a presença digital. A adaptação para o meio virtual levou empresas despreparadas a fecharem suas portas, sem saber como levar para seu público o mesmo conteúdo que ele poderia encontrar nas concessionárias.

Pensando em compensar essa falta, aplicativos como o Instagram ou o Zoom investiram em melhorias para apresentações abertas ao público como o recurso Live ou salas privadas. Com esses novos recursos, é possível, por exemplo, fazer um showroom virtual no Instagram, ou visitação virtual em salas de aplicativos de reuniões. Dessa forma, sua empresa ainda mantém contatos especiais com possíveis clientes e cria conexões que vão além da impessoalidade de posts ou textos no website.

2. Invista em assistentes virtuais 

Mais conhecidos como chatbox, os aplicativos de assistente virtual podem ser instalados em seu site e nas redes sociais para programar respostas automáticas para seus clientes. Ao diminuir o tempo de espera de resposta, seu cliente em potencial se sente mais valorizado e mais interessado em prosseguir com a compra.

Um assistente virtual pode ser instalado também em seu WhatsApp, permitindo uma conversa cordial para sanar possíveis dúvidas diretamente com a inteligência artificial, e reencaminhando para um funcionário real quando o cliente desejar passar para a etapa de visitação ou compra.

3. Seja ativo nas redes sociais

Quão ativa a sua empresa deve ser nas redes sociais? Diariamente. A internet tem um fluxo temporal próprio, em que algumas coisas viralizam rapidamente, e outras caem em esquecimento como se nunca tivessem existido. Por isso, é necessário estar sempre presente, reafirmando os valores e objetivos de sua empresa, mostrando seus produtos e a forma de se relacionar com clientes.

Por exemplo, se sua concessionária for especializada em carros Fiat, busque atrair um público que tenha interesse na marca, e exponha diariamente, pelo menos três vezes por dia, todos os modelos que sua loja trabalha. Pode parecer exaustivo, mas para as redes sociais, é uma prática comum, que passará como natural para seu público.

4. Trabalhe com Marketing de Conteúdo

Você sabia que 95% de todas as compras automotivas começam com uma pesquisa na Internet? O consumidor de carros, atualmente, não vai mais até a concessionária para tirar suas dúvidas sobre os veículos, ele faz todo esse processo online. 

O consumidor moderno aprende tudo sobre carros online, antes mesmo de sequer entrar em contato com a concessionária. Quando ele finalmente entra na loja para comprar, já está decidido em relação ao modelo.

Portanto, é essencial para quem trabalha no setor investir em Marketing de Conteúdo. Trata-se da produção de conteúdos em texto ou vídeo para ensinar mais sobre os produtos da área ao consumidor, de modo que ele possa fazer a sua decisão de compras mais consciente.

5. Esteja preparado para os micro-momentos

O Google define o conceito de “micro-momentos” como situações de compra em que o consumidor passa por um ciclo inteiro de vendas em poucos segundos. Por exemplo, imagine que chegou o horário do almoço e a pessoa ainda não sabe onde vai almoçar. Ela abre o Google e digita “restaurante próximo de mim”, por exemplo, e vê uma lista de lugares recomendados geograficamente próximos dela. Depois de uma rápida olhada nos lugares, faz sua decisão e vai até um deles.

Esse processo dura, no máximo, uns 5 minutos, não mais do que isso. Na maior parte das vezes, dura apenas alguns segundos, já que as pessoas costumam pegar o primeiro contato que vêem no Google.

No setor automotivo, existem várias oportunidades de micro-momentos. Basta estar preparado para eles. Por exemplo, o pneu da pessoa acabou de furar. Ela vai parar o carro, digitar “loja de pneus” no Google e pegar o primeiro contato (ou um dos primeiros).

Faça uma análise da sua empresa e veja quais são os potenciais micro-momentos que seus produtos ou serviços atendem. Então, monte uma estratégia para estar sempre em destaque quando eles chegarem.

Pronto! Essas são as principais dicas de Marketing Automotivo em 2021. Deu para entender que houve uma digitalização mais acelerada da propaganda por causa da pandemia, não é mesmo? Coloque essas dicas em prática para ter os melhores resultados neste ano.

E aí, o que você espera do Marketing automotivo em 2021? Comente abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *