O comércio on-line tem crescido exponencialmente, sobretudo com a chegada da pandemia. Além de toda a comodidade para o cliente, também é uma forma mais econômica para o empreendedor de disponibilizar no mercado o seu produto ou serviço.

Seja uma distribuidora de purgador de vapor ou um fabricante de móveis planejados, para obter sucesso com o comércio on-line, é fundamental colocar em prática algumas estratégias de marketing, mais especificamente de inbound marketing, que é o tipo de marketing que trabalha a atração do cliente e não a abordagem.

Para que as estratégias de inbound marketing possam trazer os resultados esperados, é preciso entender em que fase do processo que leva a efetivação da compra, o cliente se encontra. Para isso, é importante acompanhar o funil de vendas. 

Neste texto, iremos falar sobre os estágios do funil de vendas e as vantagens que ele traz para um negócio. Acompanhe.

Como funciona o funil de vendas?

O funil de vendas acompanha todo o processo do cliente desde o primeiro contato com a empresa e cada etapa da compra. Todo esse processo é ilustrado pelo funil de vendas, sendo dividido em topo, meio e fundo de funil.

A estruturação do funil de vendas deve ser estruturado e alinhado entre o setor de vendas e comunicação.

Veja como funciona cada etapa do funil.

  • Topo de funil: é a primeira etapa do processo quando o cliente toma conhecimento da empresa e passa a conhecer seu produto ou serviço. Nesta etapa é importante conquistar a atenção do cliente com conteúdos relevantes para atraí-lo;
  • Meio do funil: nesta etapa o possível cliente já conhece um pouco mais da empresa, mas ainda tem algumas dúvidas a respeito que o impedem de realizar a compra. 

Nesta etapa, uma empresa fabricante de estrutura metálica para telhado, por exemplo, busca nutrir o cliente em potencial com mais informações e conteúdos para levá-lo à certeza da compra;

  • Fundo de funil: é a última etapa do processo onde o cliente efetiva a compra com segurança. Mas o processo não termina na venda, é importante manter um bom relacionamento com o cliente também na pós-venda.

Quais as vantagens em utilizar o funil de vendas?

Agora que já vimos do que se trata o funil de vendas, vamos apresentar algumas vantagens que ele traz para as estratégias de inbound marketing de uma empresa.

  • Melhores resultados: com estratégias bem estruturadas com o funil de vendas, uma marca consegue transmitir uma imagem de maior segurança para o público e assim, a compra se torna uma consequência natural;
  • Custo-benefício: os meios de publicidade tradicionais já não têm os mesmos efeitos em um mundo tão digital como o que estamos vivendo na atualidade, além terem um custo maior do que o inbound marketing;
  • Momento de venda adequado: o funil de venda mostra para a empresa o momento adequado de tomar cada atitude para levar o cliente a efetivar a compra.

Uma empresa de automação predial, por exemplo, que está expondo seus serviços por meio de conteúdo digital e atrai a atenção do cliente, com o funil de vendas sabe exatamente em que estágio de interesse está o cliente e assim, pode elaborar a melhor estratégia para que o cliente efetue a compra.

E então, nosso texto sobre funil de vendas foi útil para você? Esperamos que sim. Não deixe de acompanhar as próximas postagens.

Leia também:
Conteúdo evergreen: como impulsionar resultados com essa estratégia?
O que você precisa saber antes de criar um site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *